PT 840 NÃO FUNCIONA O GATILHO, MAS SE CHACOALHAR DISPARA!!

Mais um vídeo de uma pistola da Taurus sendo uma Taurus!! Até quando a CBC/ Taurus continuará a fabricar armas sem qualidade? Até quando ela irá colocar a culpa no operador ou dizer que a arma nao está limpa? Até quando o Exército Brasileiro irá dizer que uma pistola da Taurus é igual a uma pistola da CZ ouda Glock?!!

PISTOLA DA TAURUS DISPARA AO BATER NO CHÃO!!

Aqui no Brasil o poder financeiro da Taurus cala muitas pessoas, empresas e até os órgãos públicos federais, que são os responsáveis por inspecionar a qualidade de suas armas.
Graças ao poder da Taurus e a cultura de corrupção que é inata da formação brasileira, nem mesmo os Institutos de Criminalista do país tem coragem de inovar os testes feitos nas armas que se envolveram em incidentes e acidentes, pois temem as pressões que a CBC/Taurus faz sobre seu trabalho. Atualmente os teste de queda de arma de fogo são feitos com uma borracha, ou seja, não simulam as condições reais do fato a ser periciado. São Paulo e Brasília saíram na frente e começaram a testar as armas da Taurus, chocando-as direto ao solo e sabe qual foi o resultado? Elas dispararam!!
Como os Estados Unidos têm outra cultura ética e inclusive judicial, lá a Taurus não consegue estender seus tentáculos leprosos e lá os testes são feitos de maneira que se aproxima ao máximo da realidade. O resultado disso é um dos vários vídeos que circulam nos EUA e um deles apresentamos nesta publicação. É também resultado da cultura de valorização do consumidor e não da empresa que fabrica armas com defeito – como acontece no Brasil, a indenização milionária que a Taurus está pagando nos EUA, mais de 39 milhões de dólares!! Veja a matéria: TAURUS FAZ ACORDO DE 39 MILHÕES DE DÓLARES POR CAUSA DE PISTOLAS COM DEFEITO NOS EUA!!
Veja este vídeo feitos nos EUA que mostra as pistolas da Taurus disparando ao se chocar ao solo. É este o teste que os Institutos de Criminalista do Brasil se recusam a fazer. O teste atual é feito com uma borracha, isto é, a arma não se choca contra o solo. Em situações reais, a arma cai no diretamente no chão ou numa borracha?!

Veja este outro vídeo que mostra uma pistola Milennium com sérios problemas no seu sistema de segurança.

No Brasil alguns testes independentes foram feitos e os resultado foram os mesmos, as pistolas da Taurus dispararam!! Vejam os videos:

Enquanto o monopólio institucionalizado da Taurus vigorar em nosso país, nossos policiais estarão correndo risco de vida!!

PT 24/7 DA TAURUS DISPARA EM RAJADA NO PARÁ

Amigo, você que conhece alguém que trabalha com uma arma da Taurus, compartilhe este vídeo com ele ou marque o nome dele.

image

A verdade sobre as armas da Taurus está preste a vir a tona, em breve o Deputado Federal Major Olímpio irá encabeçar uma CPI no Congresso Nacional que irá abrir a caixa preta e cheia de mistérios que guarda segredos da CBC, Taurus, Exército Brasileiro, Glock, CZ, CONDOR, TASER e vários outras empresas do seguimento!!
Veja o vídeo.

POLICIAL MILITAR DE GOIÁS É MAIS UMA VÍTIMA DA TAURUS

O policial militar do Estado de Goiás, Alexandre Fernandes de Castro, no dia 13 de fevereiro de 2013, estava na cidade de Padre Bernardo-GO, portando uma pistola da Taurus, modelo PT 99AF, N° TOC55934, calibre 9 mm Parabellum,  que caiu ao chão e disparou, acertando a sua perna direita na junção do fêmur com a tíbia,  causando-lhe graves lesões.

20130217_112523

Ocorre que o fatídico acidente se deu sem o acionamento da tecla do gatilho e, o mecanismo de funcionamento da arma não funcionou de maneira normal no momento do disparo,  já que qualquer arma é projetada para não disparar caso caia ao chão.

No dia do acidente a vítima foi socorrida no Hospital das Forças Armadas em Brasília, permanecendo internada por 15 dias e desde então já foi submetida a três procedimentos cirúrgicos, sendo necessário ainda uma quarta cirurgia denominada osteotomia, para tentar minimizar o desvio do fêmur e aumentar o comprimento do membro, que encurtou cerca de quatro centímetros em decorrência do disparo.

20130217_112603_1.jpg

Após várias consultas a médicos especialistas, constatou-se que as sequelas no membro atingindo são permanentes e que não existe a possibilidade da vítima voltar a andar normalmente.  Pode ainda desencadear, no futuro, outras enfermidades em decorrência da lesão femoral como escoliose na coluna, artrose, hérnia de disco, dentre outras.

Além de todas as dores e traumas das diversas cirurgias, a vítima ainda sofre grandes perdas profissionais e pessoais. As limitações físicas o impendem de fazer as atividades que antes fazia prejudicando seu lazer, sua locomoção, seu convívio social e familiar. Além de todo o prejuízo já descrito, a vítima ainda sofre discriminação no seu meio profissional, considerando que o censo comum entende que uma arma não dispara sozinha ao cair no chão. O que é verdade, exceto quando tratamos das armas da Taurus! Porém, como alguns ainda desconhecem o fato de que elas disparam em ocasiões como esta, até mesmo modelos considerados seguros como o deste caso que foi o PT99 AF, seus amigos policiais o desacreditam e fazem chacota da tragédia.

20130217_112729.jpg

Após várias tentativas de contato com a Forjas Taurus, o Tenente Castro, nunca  obteve respostas, mesmo com o envio de e-mails relatando o ocorrido e pedindo explicações. A Taurus nem sequer buscou saber as condições em que os fatos ocorreram, tampouco em que estado de saúde se encontra a vítima. Diante de tudo isso, ele desistiu de seu intento. Na verdade esta é mais uma das várias vítimas anônimas que estão espalhadas pelo Brasil e pelo mundo, já que também nos Estados Unidos a Taurus está pagando uma indenização de 39 milhões de dólares. – TAURUS FAZ ACORDO DE 39 MILHÕES DE DÓLARES POR CAUSA DE PISTOLAS COM DEFEITO NOS EUA!!.

Todas as informações desta publicação foram enviadas pela própria vítima, Tenente Castro da PMGO, que está movendo uma ação judicial contra a Taurus, como mostra a foto abaixo.

1185656_1215964678431072_2984317035114728949_n

Vários outros casos continuam a aparecer nas mídias sociais envolvendo as armas da Taurus, como por exemplo o caso desta SMT40, que mesmo travada dispara, fato ocorrido na PM do Distrito Federal.

A pergunta que fica é, quantas pessoas mais terão que se ferir ou morrer até que o Exército Brasileiro – que é quem regula a comercialização das armas no Brasil – faça alguma coisa? Até quando os nossos parlamentares ficarão calados vendo tais absurdos acontecendo?

 

MAIS UMA VÍTIMA DA TAURUS NO RIO GRANDE DO SUL.

Este caso gravíssimo aconteceu com um Policial Civil do Rio Grande do Sul que portava uma pistola PT 24/7 da Taurus, calibre .40 S&W. O policial estava em uma operação quando colocou sua arma no coldre, que estava em sua cintura e a pistola disparou. O próprio policial gravou um áudio no WhatsApp explicando o fato e garante que não estava com o dedo no gatilho e mesmo assim a arma disparou e o projétil se alojou em seu tornozelo.

Abaixo temos um vídeo com o áudio gravado pelo policial.

Estas são as fotos do Boletim de Ocorrência que foi feito em Santa Catarina, local onde o policial recebeu o socorro médico, pois a cidade onde aconteceu o fato não tinha suporte médico adequado para socorrer um ferido à bala. As outras duas fotos são do próprio policial ferido.
image

imageimage

 

percebam que uma das imagens que passa no vídeo é a ocorrência policial registrada do fato, ou seja, o profissional que passou pelo acidente não tem nada a esconder, pois, foi na verdade mais uma vítima da má qualidade das armas da Taurus!!
Considerando os vários acidentes e incidentes envolvendo as armas da Taurus, prefiro acreditar no depoimento do policial, pois não foi o primeiro caso e pelo jeito não será o último, pois as autoridades competentes não estão tomando providência alguma para que essa grave situação mude.
Quantas pessoas mais terão que se ferir ou morrer, até que alguém responsabilize a Taurus!!
Se você tivesse o dinheiro suficiente e a possibilidade de escolher outro fabricante de armas de fogo, você compraria uma arma da Taurus?

FALHA EM PISTOLA DA TAURUS CUSTA A VIDA DE UM POLICIAL CIVIL NO RIO DE JANEIRO

Na verdade vamos repostar a matéria feita pelo Jornal Extra de 25 de fevereiro de 2015 – Arma apresenta defeito e policial morre ao reagir a assalto no Rio – que relata a morte de um policial civil do Rio de Janeiro que morreu por causa da falha de sua pistola Taurus PT840P, ocorrida durante um roubo. Vejamos a matéria.

“Um dos quatro policiais mortos durante o fim de semana, o inspetor Thiago Tomé de Deus não contou com o bom funcionamento da arma que portava quando tentou se defender dos assassinos. A pistola Taurus, calibre 40, da série 840, que pertence à Polícia Civil, apresentou defeito e travou após ter feito dois disparos. Nesta segunda-feira, Thiago foi sepultado no Cemitério do Maruí, em Niterói.

O delegado da Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), Marcus Vinícius Amin Fernandes, responsável pelas investigações do assassinato, disse que uma perícia preliminar, feita por policiais da própria especializada, detectou uma pane na pistola PT840P.

Sepultamento do PC morto por causa da falha de uma pistola Taurus.
Sepultamento do PC morto por causa da falha de uma pistola Taurus.

A arma fazia parte de um lote de 1.640 pistolas, compradas pela Polícia Civil em 2013. — O policial fez dois disparos. Quando tentava fazer o terceiro, o ciclo que toda arma faz após um disparo não se completou. Ao invés da munição entrar na câmara, ela saltou da arma por causa de um problema no carregador. Ou seja: a arma não daria mais nenhum disparo porque estava completamente torta — afirmou o delegado.

Antes do enterro, o secretário de Segurança José Mariano Beltrame fez um desabafo, afirmando que a polícia luta sozinha para combater o crime.

Não foi a primeira vez que uma pistola 40, da série 840, apresenta uma falha. No ano passado, por conta do recebimento de seguidas queixas de mau funcionamento, apresentadas por policiais, a Polícia Civil determinou que 1.200 armas deste tipo passassem por uma espécie de recall.

Arquivo 31-07-15 18 33 27

Por conta de um problema na mola de alimentação, foram trocados os carregadores das pistolas. Após a troca, foram feitos mais de dez mil disparos em testes, e nada foi constatado.

A previsão é a de que a pistola usada por Thiago passe por uma perícia nos próximos dias. A arma será submetida a um teste de eficácia. O exame será feito por especialistas da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), da Academia de Polícia Civil (Acadepol) e da Divisão de Fiscalização de Armas e Explosivos (DFAE). Em depoimento, a mulher de Thiago, que estava com ele no momento do crime, confirmou que a arma travou após o segundo disparo

vitima

Pouco depois do enterro de Thiago Tomé, policiais civis fizeram um protesto na Ponte-Rio Niterói. Eles percorreram os 13 quilômetros de extensão da via com as sirenes das patrulhas ligadas. Procurada pelo EXTRA, por telefone e também por e-mail, a empresa Taurus não enviou uma resposta até o fechamento desta reportagem.”

Esse série 840 é a mesma que mostramos em outras publicações, onde ela desmontou durante a pista de tiro, como o vídeo a frente mostra.

Esse é mais um caso de morte ocasionada por falha nas pistolas da Taurus. Até quando pessoas terão que morrer para que as autoridades tomem uma providência legal contra a Taurus?!!!

Se você conhece alguma pessoa que foi vítima de disparo acidental de armas da Taurus, entre em contato conosco em nosso e-mail – acidentetaurus@gmail.com -. Estamos reunindo pessoas que foram vítimas de disparos para juntos mobilizarmos e fazermos justiça contra os desmandos da Taurus!!!

FONTE:

– http://extra.globo.com/casos-de-policia/arma-apresenta-defeito-policial-brmorre-ao-reagir-assalto-no-rio-15419263.html

TAURUS FAZ ACORDO DE 39 MILHÕES DE DÓLARES NOS EUA POR DEFEITOS EM PISTOLAS

A matéria original usada nesta publicação está em inglês, mas o que ela traz é que a fabricante brasileira de armas, Forjas Taurus, fez um acordo nos Estados Unidos da América no valor de US$ 39.000.000,00 milhões de dólares, para por fim a uma ação judicial que tem como objetivo investigar falhas em alguns  modelos de pistolas da empresa, que podem disparar quando caem ao solo e ainda investigar se o carregador da arma também é defeituoso ou nao. No decorrer do processo a Taurus admitiu que sua pistola pode disparar se estiver carregada e cair ao solo, porém, no Brasil a fabricante continua a afirmar que isso não é possível de acontecer.

Arquivo 31-07-15 18 33 27

Segundo documentos protocolados no U.S. District Court for the Southern District of Florida em 15 de Maio deste ano, a empresa concordou em pagar até US$ 30 milhões de dólares aos proprietários de nove diferentes modelos que optarem por enviar as suas pistolas para a empresa. Os proprietários que irão recebe em qualquer lugar dos EUA, de $150 a $200, para devolverem a pistola que possuem da Taurus, caso optem por essa opção.

O acordo também vai se estender a garantia para nove modelos de pistolas, permitindo que proprietários de armas devolvam as pistolas que forem inspecionadas pela Taurus.
Os documentos mostram a que a ação poderá incluir até 100.000 pistolas. A resolução também solicita o pagamento de US$ 9 milhões em honorários advocatícios. A Taurus EUA confirmou o acordo, alegando que a empresa não admite qualquer transgressão ou falhas em seus produtos.

Em nota oficial a Taurus confirma o acordo e diz que não admite qualquer tipo de irregularidade. A empresa disse também a Grand View Outdoors que “não admite que haja nenhuma desvantagem no acordo.”. “Se qualquer pessoa tiver alguma destas pistolas, ficaremos felizes em inspecioná-las, portanto sugerimos que nos enviem as armas para que possamos fazer isso.”

A ação foi trazida à corte por Chris Carter, Xerife de Scott County, no estado de Iowa. Ele alegou que sua PT 140 PRO disparou sem o acionamento do gatilho quando ele a sacou durante uma perseguição policial. Os documentos da ação dizem que a arma efetuou um disparo ainda travada e que a cápsula permaneceu na câmara.

PT 640, um dos modelos que apresentaram defeito.
PT 640, um dos modelos que apresentaram defeito, vendida também no Brasil.

“Apesar do conhecimento dos problemas de segurança, a Taurus nunca fez nada a respeito disso, nunca fez nenhum aviso para o público ou algum recall dos modelos e a empresa continua a apresentar ao público, falsamente, que estas armas são confiáveis.” disse ele no processo.  “A verdade é que a Taurus está com medo de que pessoas tenham sido gravemente feridas em resultado destes defeitos, e é apenas uma questão de tempo até que mais e mais pessoas se machuquem gravemente ou até mesmo morram decorrente disso.”.

Outros documentos da corte dizem que a empresa foi forçada a pagar US$ 1.200.000,00 quando a arma de um homem do Alabama caiu no chão e disparou contra ele mesmo. O documento também fala sobre o recall das armas PT 24/7 G1, .40 S&W, da Polícia Militar de São Paulo (PMESP), quando descobriram que a arma disparava mesmo com a trava acionada.

“As pistolas possuem um perigo inerente ao defeito, a Taurus sabe disso há anos, mas permitiu que estas armas permanecessem nas mãos dos consumidores, com o risco iminente delas ferirem tanto os consumidores deste armamento, quanto o público em geral.” Alegou nos documentos.

O acordo cobre 9 modelos de pistola da Taurus, a PT 111 Millennium; PT 132 Millennium; PT 138 Millennium; PT 140 Millennium; PT 145 Millennium; PT 745; PT 609; PT 640 e PT 24/7. Estas duas últimas são vendidas no Brasil.

Este acordo judicial da Taurus, feito nos EUA, também foi noticiado nos maiores veículos de comunicação aqui no Brasil, como por exemplo a matéria feita pela ISTO É – FORJAS TAURUS APROVA ACORDO PARA ACABAR COM AÇÃO JUDICIAL NOS EUA.

Numa rápida pesquisa na Internet encontramos vários casos e vídeos mostrando que os mesmos defeitos encontrados nos EUA, acontecem também aqui no Brasil. Vejamos então alguns videos encontrados no Youtube que mostram armas da Taurus funcionando mal ou não funcionando.

Aqui no Brasil só aumentam os casos de acidentes e incidentes envolvendo armas da Taurus. Esperamos que as vítimas brasileiras da Taurus consigam alcançar a justiça, sendo no mínimo indenizadas com decência e que a fábrica admita como fez nos EUA, que suas armas estão ferindo pessoas. Atualmente a Taurus usa uma resposta padrão, alegando que as falhas em suas pistolas são causadas por falta de manutenção ou por imperícia dos operadores.

Se você conhece alguma pessoa que foi vítima de disparo acidental de armas da Taurus, entre em contato conosco. Estamos reunindo pessoas que foram vítimas de disparos sem acionamento do gatilho, para juntos mobilizarmos e fazermos justiça contra os desmandos da Taurus!!!

Para quem se interessar, essa é a matéria em inglês:

Taurus Agrees To $39 Million Settlement In Defective Pistol Case

FONTES:

– http://firearmsbrasil.com.br/noticias/taurus-concorda-em-pagar-multa-de-39-milhoes-de-dolares-a-consumidores-americanos/

– http://www.grandviewoutdoors.com/guns/taurus-agrees-to-39-million-settlement-in-defective-pistol-case/