​TAURUS É CONDENADA A PAGAR INDENIZAÇÃO NO BRASIL

Este é o Cabo da Polícia Militar de São Paulo, Carlos Alberto de Oliveira, que no ano de 2008 foi vítima de um disparo acidental de arma de fogo, motivado por queda e sem o acionamento do gatilho. Na ocasião o Cb Alberto portava uma  pistola PT 100 da Taurus, calibre .40S&W, que ao cair ao chão, disparou e atingindo sua perna direita. Em decorrência do acidente o policial não pode mais fazer exercicios físicos e assim adquiriu sobrepeso e outras doenças, além do trauma que irá carregar para o resto da vida.

Em 2016 a Forja Taurus foi condenada a pagar uma indenização ao CB Alberto que recebeu algo em  torno de  70 mil reais, que na verdade é uma paga vergonhosa, considerando que o policial foi alvejado pelo calibre. 40, que é destruidor!

Um precedente importante deste caso é que mesmo estando a vítima portando uma arma da corporação, ele foi considerado como consumidor. E na verdade todos policiais que se envolveram em acidentes com armas da Taurus sem o acionamento do gatilho devem ser assim considerados, como consumidores que são.

A frente colocamos as decisões judiciais do caso:

– Sentença de primeiro grau.

https://drive.google.com/file/d/0B58eEmsAf-PjOTBacWFUMS14TWM/view?usp=drivesdk
– Acórdão do TJSP.

https://drive.google.com/file/d/0B58eEmsAf-PjRXdZT1R3aWEwMjA/view?usp=drivesdk
– Decisão  do STJ

https://drive.google.com/file/d/0B58eEmsAf-PjdUNQdmk5SFJTOXc/view?usp=drivesdk

Mas não é só no Brasil que a Taurus já foi condenada por problemas graves em suas armas. Nos EUA a Forjas Taurus teve que pagar uma indenização milionária – TAURUS FAZ ACORDO DE 39 MILHÕES DE DÓLARES POR CAUSA DE PISTOLAS COM DEFEITO NOS EUA!!

Em outros países existem condenações altíssimas porque a esposa mexeu no celular do marido – Mulher descobre traição em WhatsApp do marido e é multada em R$ 140 mil por invasão de privacidade, enquanto que aqui nas terras tupiniquins um policial leva um tiro de .40 na perna ou no peito, como no caso do Policial Civil de Brasília, e o judiciário indeniza a vítima míseros 70 mil reais. Coisas do Brasil!

As falhas nas armas da Taurus comprovadas por laudos e sentenças julgadas nas últimas instâncias judiciais de nosso país. Vários casos e novas vítimas a cada dia estouram na Internet junto com vídeos inquestionáveis. Você que está com uma pistola da Taurus na cintura, você se sente seguro?

 

SE CAIR DISPARA!!

Os manuais das novas pistolas da TAURUS agora vem explicando que se cair ao chão pode disparar.

O fabricante sempre negou que suas pistolas podiam cair e disparar, mas em julho de 2016 a Forjas Taurus colocou esta informação nos manuais de suas armas e agora as novas pistolas também trazem está informação. O interessante é que nos manuais da armas vendidas nos EUA está informação já existia.

 Você que trabalha com uma pistola da Taurus na cintura, você está seguro?!

MAIS UMA PT 24/7 TAURUS DISPARA MESMO TRAVADA

​Mais uma arma da Forja Taurus que dispara sozinha. É com esse tipo de arma que os policiais do Brasil são obrigados a trabalhar, graças ao monopólio das armas de fogo no Brasil, que é institucionalizado pelo Exército Brasileiro, pois é o Exército que insiste em dizer que uma arma da Taurus é igual a uma CZ, Colt, S&W, Glock, Sig e outras mundialmente renomadas marcas de armas.

TAURUS É PROIBIDA DE VENDER PARA A MAIOR POLÍCIA DO BRASIL 

​A Forjas Taurus foi proibida de participar de licitações da Polícia Militar de São Paulo e o TCU incluiu o nome da empresa no cadastro das empresas inidôneas e, portanto, ela não pode licitar com qualquer órgão público de São Paulo até outubro de 2018.

Clique aí para acessar:

www.portaldatransparencia.gov.br

Mais um passo importante para a quebra do monopólio das armas de fogo no Brasil.

POLICIAIS DO DF SOFREM E SE FEREM COM AS ARMAS DA TAURUS 

A TV Bandeirantes fez uma matéria falando sobre as vítimas da Taurus no DF, que são policiais militares e civis que foram feridos ou que são obrigados a trabalhar com as armas da Taurus. Veja!

O monopólio das armas de fogo no Brasil é institucionalizado pelo Exército Brasileiro, pois é ele que impede a importação de outras armas de fogo e é algo desconhecido pelo Congresso Nacional, pois segundo os deputados de lá, principalmente o Deputado Federal Rodrigo Maia, as graves falhas nas armas da Taurus “não tem relevância nacional”.

Você que está com uma arma da Taurus na cintura, você está seguro?

MAIS UMA PT59 TAURUS COM PROBLEMAS 

Há algum tempo recebemos um vídeo do atirador do Rio de Janeiro, Silvio Miranda, relatando problemas percebidos na PT59 da Taurus, que veio com problemas de acabamento – PROBLEMAS COM A PT59.

Novamente recebemos outro vídeo, do mesmo atirador, relatando problemas que outro consumidor teve no recebimento de sua PT 59, nova, saindo da caixa. Veja!

O monopólio das armas de fogo no Brasil não prejudica apenas os policiais, que são obrigados a trabalhar com esse tipo de arma, mas também os atiradores esportistas e o o cidadão de bem que deseja ter sua arma. Qualquer um desses, se quiserem comprar uma arma de fogo, são obrigados a comprar uma arma nacional, Taurus ou IMBEL. A IMBEL não tem interesse no mercado policial ou civil, sobra então as Forjas Taurus. Você que está com uma pistola Taurus na cintura, você está seguro?

DELEGADO DO RIO DE JANEIRO FALA VERDADES SOBRE O LOBBY DAS ARMAS NO BRASIL 

Um jornal do SBT estava mostrando uma operação policial onde um operador tem que sacar um alicate e fazer reparos em seu fuzil em pleno tiroteio para que ele volte a funcionar. Aí que entra o Delegado Marcus Amim relatando a problemática que afeta os policiais de todo país que é o monopólio das armas de fogo, que é institucionalizado pelo Exército Brasileiro e esquecido pelo Congresso Nacional. Veja o vídeo que ele fala por si.

Há alguns dias falamos sobre a real história sobre os fuzis no Brasil em outra publicação A VERDADE SOBRE OS FUZIS BRASILEIROS!! E ficou claro o resultado nefasto do monopólio das armas e quem sao as maiores vítimas, os polícias de todo Brasil.