PROBLEMAS COM A PT 638 DA TAURUS 

Esta é uma PT 638 da Taurus, calibre .380ACP, de um Policial Civil de Curitiba, que pertence ao TIGRE. Vejam que ela mesmo travada dispara com apenas o chacoalhar da arma. E a resposta padrão da Taurus é que é falta de habilidade do policial os defeitos que as pistolas Taurus vem apresentando. 

 A verdade é que as polícias do Brasil e os amantes das armas de fogo são vítimas de um monopólio que beneficia a Taurus e a culpa desse monopólio é o Exército Brasileiro.

Você policial que está com uma pistola da Taurus na cintura, você se sente seguro?

PT 638 DISPARA TRAVADA, MESMO DEPOIS DE IR PARA O CONSERTO QUATRO VEZES

Este vídeo chegou a nós através do próprio proprietário da arma, que já a enviou quatro vezes para a assistência técnica autorizada da Taurus, porém, ela volta sempre com o mesmo defeito. Mesmo travada a arma dispara.

Este é o documento de envio da arma.

Há alguns dias a Forjas Taurus lançou um vídeo comercial dizendo que os casos apresentados na Internet são falsos. E os vários casos onde o proprietário ou o operador faz um vídeo mostrando o defeito de sua arma, será que é falso? Será que o dono da arma fez um defeito na própria arma para gravar um vídeo apenas? E as pessoas que morreram e que se feriram, como nos vários casos que já mostramos aqui. É tudo uma farsa? Então existe um compló contra a Taurus?

Você que é um apreciador ou usuário de uma arma de fogo, realmente acredita que a quantidade enorme de casos que mostramos aqui em nosso Blog, é apenas uma coincidência?

A CPI DA Taurus está sendo montada no Congresso Nacional e muitas verdades virão a tona. Vamos aguardar!

​MAIS UMA VÍTIMA DA TAURUS EM CURITIBA COM A PT 638

A Delegacia do Consumidor (Delcon) de Curitiba instaurou inquérito para apurar o caso em que um policial civil de 33 anos foi atingido por um tiro disparado acidentalmente por uma pistola que caiu no chão. Segundo a polícia, a arma – uma Taurus 638, calibre .380 – estava com trava de segurança acionada, o que deveria ter impossibilitado o disparo. A principal hipótese da investigação é de que o tiro tenha ocorrido por uma falha do armamento. Na semana passada, uma audiência promovida pela Câmara dos Deputados abordou denúncias sobre defeitos em armas da Taurus, relatadas por policiais de vários estados.

A vítima do caso ocorrido em Curitiba foi o policial civil Daniel Luiz Godoy Dalacqua. Na sexta-feira (29), ele estava em uma reunião familiar na casa do pai. Dalacqua e a mulher – que é delegada – deixaram suas respectivas armas, travadas, sobre a geladeira, para mantê-las longe do alcance de crianças. Pouco depois, quando o policial foi abrir o eletrodoméstico para guardar uma garrafa de água, a pistola caiu e, ao atingir ao chão, disparou. O projétil desviou na geladeira e se alojou na mão direita do agente.

Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/mesmo-travada-pistola-dispara-acidentalmente-e-atinge-policial-70r6oi0fmwb4nl13pmlegiwdf?utm_source=facebook&utm_medium=midia-social&utm_campaign=gazeta-do-povo