ARMA USADA PELA POLÍCIA BRASILEIRA PODE DISPARAR POR ACIDENTE 

Este foi o título dado a matéria investigativa feita pelo Telejornal da Rede Globo, Fantástico. Veja o vídeo da matéria ARMA USADA PELA POLÍCIA BRASILEIRA PODE DISPARAR POR ACIDENTE

Um dos modelos de armas mais usados por policiais brasileiros está sob suspeita. Segundo as vítimas, a pistola dispara acidentalmente, ferindo e até matando o usuário.

É norma: uma arma só deveria efetuar disparos com o acionamento normal do gatilho. Fora dessa condição, não deveria acontecer o disparo. Mas pelo menos 99 pessoas, em 19 estados e no Distrito Federal, se dizem vítimas de tiros disparados assim, sem ninguém apertar o gatilho. Nos últimos 13 anos, foram 7 mortes. Os relatos são parecidos: a arma, sempre de uma mesma marca e de um mesmo modelo, disparou ao cair no chão. Ou, então, por causa de um movimento brusco.

Luciano é investigador da Polícia Civil de Brasília e diz que, em 2011, estava sozinho em casa, quando a arma dele caiu e disparou. A bala perfurou o pulmão. Ele ficou na UTI por aproximadamente 15 dias para controlar o risco de infecção. A arma era uma pistola calibre .40, modelo 24/7, da Taurus.

Peritos do Instituto de Criminalística simularam o acidente do investigador. No teste, a pistola caiu de uma altura de 1,20 m, sobre um piso de concreto, com o cano pra cima. De quatro quedas, a arma disparou em três. Veja na reportagem do Fantástico.”

As provas já mostram a verdsde sobre as armas da Taurus, mas ela ainda continua a vender seus produtos. Quantas pessoas mais terão que morrer ou se ferir até que algo seja feito?

Você que está com uma pistola da Taurus na cintura, você se sente seguro?

 

PMDF INSTAURA PROCESSO ADMINISTRATIVO CONTRA TAURUS 

Mais uma corporação policial que tem a coragem de lutar contra o Lobby da Taurus e decide investigar os problemas nas armas que está fabricante vende ao policiais do Brasil. A PM de São Paulo e do Rio de Janeiro também tomaram providências neste sentido, sendo que a PMESP inclusive colocou o nome da FORJAS TAURUS no cadastro de empresa inidôneas, o que impede a Taurus de vender qualquer produto para o Estado de São Paulo por dois anos.

É hora de outras polícias tomarem partido de seus policiais e saírem na defesa deles, pois os casos envolvendo armas da Taurus continuam a aparecer a cada dia.

O modelo PT 24/7 foi descontinuado em decorrência de uma vistoria que o Exército Brasileiro fez nas instalações da Forjas Taurus, onde foi constatado irregularidades no seu processo de fabricação.

O Jornal G1 do DF falou sobre os problemas nas armas da Taurus e sobre a investugacao – PM abre inquérito para investigar falha em pistolas.

Você que está com uma pistola da Taurus na cintura, você se sente seguro?

EXÉRCITO IDENTIFICA FALHAS E PROÍBE TAURUS DE COMERCIALIZAR PISTOLA 24/7

Esta matéria foi veiculada pelo Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal e traz o resultado de uma vistoria que o Exército fez na Instalações das Forjas Taurus e que após, ordenou a suspensão da fabricação da Pistola modelo PT 24/7 – Exército identifica falhas e proíbe Taurus de comercializar pistola 24/7. Vamos postar algumas partes desta matéria, mas ela está a disposição de maneira completa no link acima, porém, iremos anexar aqui copias do relatório resultado da vistoria.

Outros meios de comunicação importantes, como a Rede Globo de Comunicações também falaram da proibição – Exército proíbe produção e comercialização de pistolas usadas por policiais do Rio. A Globo News também tratou do tema – Exército proíbe produção e venda de pistolas de um da fabricante de armas. E também a TV Bandeirantes veiculou uma matéria muito completa sobre o assunto – Exército proíbe produção e distribuição de pistola Taurus após falhas.

No ofício, que foi enviado ao secretário de Seurança Pública do Estado do Paraná, Wagner Mesquita de Oliveira, o general compartilha “as principais conclusões alcançadas após o processo de investigação que iniciou-se em decorrência de informações que chegaram ao conhecimento do Comando do Exército, a respeito de possíveis problemas com as armas fabricadas pela empresa Forjas Taurus e que estariam colocando em risco os agentes públicos que as utilizam”. documento informa que foi instaurado procedimento de Verificação Sumária e que na inspeção realizada na fábrica da Forjas Taurus, “foi verificado que a empresa não possui política/gestão que busque conhecer as necessidades do cliente e seu grau de satisfação, bem como que oriente e forneça serviços de manutenção preditiva, preventiva ou corretiva”.”

ALTERAÇÕES

Foi apurada a existência de indícios de modificação do projeto da Pistola 24/7 e da Pistola 840, ambas calibre .40, sem autorização do Comando Logístico.

Enquanto a primeira apresentou alteração da trava do gatilho e no tirante do gatilho, a segunda passou por modificação do eixo do sistema de fixação das teclas do registro de segurança e na alavanca de desmontagem.

“Tal atitude demonstra a existência de indícios de violação de compromisso assumido quando da obtenção do registro perante o Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados, compromisso esse de não modificar o produto controlado com produção já autorizada”, adverte o ofício.

Em função disso, foi instaurado um Processo Administrativo Sancionador (PAS) para “apurar a possível existência de irregularidades no trato com produtos controlados, relativas a modificações desautorizadas de Pistolas Taurus 24/7 e Modelo PT 840”.

Será analisada ainda a aplicação de sanções administrativas cabíveis, “por haver iminente risco à vida, à saúde, à integridade física e à segurança do usuário e da sociedade”, justifica o documento do Comando Logístico, que expõe ainda uma série de medidas acautelatórias já adotadas pelo Exército.

AJUSTES

Até que o PAS ao qual a empresa responderá tenha solução, foi definida a apreensão das pistolas modelo 24/7 existentes na linha de produção da empresa ou em estoque, bem como a suspenção e fim da comercialização desses armamentos, até que seja comprovado que a empresa solucionou os problemas de qualidade apresentados.

Também foi recomendado à Taurus prestar maior assistência a todos os adquirentes de quaisquer armas de fogo fabricadas por ela.

Entre as medidas estão orientações, em mídias e no site da empresa, quanto à necessidade de manutenção preventiva periódica, e a inclusão de planos de manutenção periódica, em assistência técnica própria ou credenciada pela empresa.

Outro ponto explicitado é a extensão dos recalls disponibilizados aos produtos adquiridos pelos Órgãos de Segurança Pública a todos os demais adquirentes.

RECALL

O recall dos armamentos utilizados na Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) é uma reivindicação recorrente do Sinpol-DF – pois os acidentes causados por armas da Forja Taurus, muitos com vítimas fatais, têm sido frequentemente denunciados em todo o Brasil.

Há meses, o sindicato tem cobrado que a PCDF siga o exemplo de outras forças de segurança e realize a troca das armas.

Outra luta é pela quebra do monopólio da Taurus no mercado nacional. Isso possibilitaria que armamentos de outros fabricantes e com mais qualidade possam ser utilizadas pelos policiais – a exemplo do que já acontece com a Polícia Federal, que utiliza armamento importado de alta qualidade.”

Esta foi mais uma vitória dos Policiais deste Brasil, uma vitória de todos aqueles que querem armas de qualidade, uma vitória das VÍTIMAS DA TAURUS contra o monopólio das armas no Brasil. 

MAIS UMA PT 24/7 DISPARA MESMO TRAVADA

​Este teste é muito usado para saber se o percursor da arma está quebrado. Neste caso foi feito para testar se o sistema de segurança desta 24/7 estava funcionando ou não. Se a trava de segurança estivesse funcionando a caneta não teria sido ejetada. A Forjas Taurus diz que os problemas que vem aparecendo em suas armas é em decorrência de mal manuseio ou de má manutenção. E neste caso o que casou o problema então? Será que alguém poderia dizer?

PT 24/7 DISPARA SOZINHA NA CINTURA DE POLICIAL 

Este fato aconteceu no dia 30 de agosto, em Goiânia-GO, com o Sargento PM Teles, que portava uma pistola da Taurus 24/7 PRO D e as informações que iremos relatar a frente, foram fornecidas pela própria vítima. 

O Sargento Narciso Ferreira Teles Neto estava de folga e portava sua arma na cintura. Em sua companhia também estavam mais dois Sargentos. Esta é uma arma institucional e o Sargento a usa há cerca de dois anos e fez neste período cerca de 50 disparos, ou seja, é uma arma nova!

Esta arma foi usada em uma instrução de tiro da PMGO há poucos dias e funcionou normalmente. Mas no ocorrido em questão a pistola disparou na cintura do policial sem sequer ele tocar nela. Percebam na foto que no sólo está a marca do tiro, que mostra bem a trajetória do disparo, da cintura do PM, diretamente para o chão.

O disparo aconteceu em frente à um estabelecimento comercial e o proprietário presenciou o momento, bem como os dois Sargentos que o acompanhavam e todos foram arolados como testemunhas no Boletim de Ocorrência n.° 1165941, PMGO.

Temos também em nosso Blog fatos idênticos a este como o Ten da PM, também de Goiás, que inclusive foi filmado o acidente – PISTOLA TAURUS DISPARA DUAS VEZES DENTRO DO COLDRE EM GOIÁS

Ou ainda o caso do PM também de Goiás, onde a sua pistola Taurus disparou dentro de seu coldre – PT 24/7 DA TAURUS DISPARA DENTRO DO COLDRE

Mas o que acontece nestes casos é que as perícias e testes feitos nas armas não conseguem reproduzir o incidente ou constatar o defeito na arma, assim, o errado na história é sempre o operador que não sabe manusear a arma ou não fez a manutenção correta – palavras do próprio Vice-presidente da Taurus, Salésio Nuhs.

Mais uma vez um pai de família foi colocado em risco por causa de armas sem qualidade e sem segurança, produzidas pela Taurus e nada acontece por parte do fabricante, que pensa apenas em expandir suas fronteiras comerciais e conseguir lucro!

​PT 24/7 COM PROBLEMAS NO SISTEMA DE PERCUSSÃO 

Um teste muito comum que se faz em uma pistola para conferir seu sistema de percussão é o da caneta. Se ela saltar quer dizer que o sistema está funcionando, se não saltar, não está funcionando. Simples! Nota-se que está PT 24/7 não está funcionando, provando assim, mais uma vez o padrão de qualidade Taurus.

Vale lembrar que a linha PT 24/7 da Forjas Taurus saiu de produção. Isso há poucos dias. Será por quê?