TAURUS É PROIBIDA DE VENDER ARMAS POR DOIS ANOS PARA A PM DE SÃO PAULO 

Como resultado de várias falhas encontradas nas armas da PMESP, onde milhares de armas de fogo da Taurus passaram por vários recalls e onde mais de cinco mil submetralhadoras foram retiradas da atividade policial por problemas de funcionamento, a PMESP decidiu proibir que a Forjas Taurus participe de qualquer licitação que ela abra pelo prazo de dois anos.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo do dia 22 de outubro de 2016 e é mais um passo rumo a abertura do mercado nacional e para o fim do monopólio das armas no Brasil.

O próximo e importante passo será a CPI da Taurus que acontecerá no Congresso Nacional, onde serão chamados para dar declarações os principais atores desta triste novela, sendo: CBC, Taurus, IMBEL, CONDOR, Exército Brasileiro, Glock, CZ e outros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s