PC DF COMPRA GLOCK – DIGA NÃO AO MONOPÓLIO DA TAURUS

Nosso Brasil é mesmo magnífico!! Existe uma lei que nos obriga a comprar armas nacionais, caso haja no mercado interno, modelo semelhante ao desejado – Lei 10.826/2003. Aí, meu nobre Exército Brasileiro, que o órgão que diz o que é similar ou não as armas nacionais, vem me dizer que uma pistola da Taurus é igual a uma da CZ ou da  Glock!!!
image

E por causa deste entendimento maravilhoso, ninguém mais consegue comprar armas importadas no Brasil. Aí, só pistolas da Taurus e da IMBEL são vendidas nacionalmente. Que coincidência!!
Mas algumas poucas organizações e entidades estão conseguindo sair deste monopólio institucionalizado, como por exemplo a Polícia Federal, as PM do Rio de Janeiro e do Mato Grosso do Sul e agora a Polícia Civil do Distrito Federal e temos informações que a Policial Legislativa do Congresso Nacional também comprará pistolas da Glock para seus servidores.

image

No caso específico da PC DF, cada pistola .40SW, virá com quatro carregadores, um maleta de transporte, um kit de limpeza e um municiador rápido e terá preço unitário de 495 dólares, que no câmbio de hoje corresponde a cerca de 1.800 reais, enquanto nós aqui no Brasil estamos pagando mais de 5.000 reais nas pistolas da Taurus!! É isso mesmo, armas melhores que uma Taurus e mais baratas!!
Veja abaixo o conteúdo do extrato do contrato de aquisição das pistolas Glock, na íntegra:
“POLÍCIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL
EXTRATO DO CONTRATO Nº 13/2016.
NOS TERMOS DO PADRÃO Nº 07/2002 – AQUISIÇÃO DE BENS PROCESSO: 052.002.103/2015 – PARTES: Distrito Federal/Polícia Civil X Glock América S.A. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Projeto Básico, Proposta da Empresa, Parecer da Procuradoria-Geral do Distrito Federal e Justificativa de Inexigibilidade de Licitação, baseada no art. 25, I, e demais disposições da Lei nº 8.666, de 21.06.93. OBJETO: Aquisição de 200 pistolas Glock 22 Gen4, calibre .40, com alça de mira fixa tipo noturna – GNS. Cada pistola acompanhada de 04 carregadores com capacidades para 15 cartuchos, 01 municiador rápido, kit de limpeza, caixa plástica para armazenamento e transporte, manual de instruções em português e gravação no ferrolho do brasão da Polícia Civil do Distrito Federal. VALOR: US$ 99.000,00 (noventa e nove mil dólares), equivalente a R$ 395.792,00 (trezentos e noventa e cinco mil, setecentos e noventa e dois reais). DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA:
Unidade Orçamentária: 24906; Programa de Trabalho: 06122621742200006; Natureza da
Despesa: 449052, Fonte de Recursos: 171. NOTA DE EMPENHO: 2016NE000058. Data de
Emissão: 02/03/2016. Valor: R$ 395.792,00 (trezentos e noventa e cinco mil, setecentos e noventa e dois reais). MODALIDADE: Ordinário. PROCEDÊNCIA DOS RECURSOS: Projeto de Lei Orçamentária do Distrito Federal nº 5.601, de 30 de dezembro de 2015, enquanto a parcela remanescente será custeada à conta de dotações a serem alocadas nos orçamentos seguintes. DA VIGÊNCIA: O Contrato terá vigência desde a data da assinatura até 31/12/2016. DATA DE ASSINATURA: 02/03/2016. SIGNATÁRIOS: Pelo Distrito Federal: Eric Seba de Castro, na qualidade de Diretor-Geral. Pela Contratada: Luiz Antonio Martins de Freitas Horta, na qualidade de Representante Legal.

Finalizo está postagem fazendo alguns questionamentos: por que será que uma pistola Glock, que é mais barata e melhor que uma Taurus, é uma marca proibida no Brasil? Será que uma pistola da Taurus é similar ou melhor que uma Glock ou CZ?
Se você tivesse a oportunidade e os recursos financeiros suficientes e pudesse escolher entre uma pistola da Taurus, uma Glock ou uma CZ, você compraria uma arma da bovina?!!

Anúncios

42 comentários sobre “PC DF COMPRA GLOCK – DIGA NÃO AO MONOPÓLIO DA TAURUS

  1. Gostaria de saber desde quando mato grosso do sul é exemplo de ter conseguido furar o monopólio??? Aqui só taurus e imbel quando doação do enafron.

    Curtir

  2. Uma palhaçada muitos PM morrendo por falhas na lixo da Taurus . Puta sacanagem do governo proibir a importação . Eu graça deus já tenho minha Duty p07 da CZ e não abro mão por nada de minha segurança CZ e GLOCK sem mais. Taurus lixo

    Curtir

  3. Excelente medida da PCDF, nos moldes iniciados pela própria PF e recentemente pela CORE/PCERJ e BOPE/PMERJ. Creio que seja redundante e repetitivo, falar no monopólio mantido por manipulações das empresas nacionais, no reconhecido e famigerado Congresso Nacional, para a manutenção da proibição de entrada de outras marcas no cenário nacional.
    A bem da verdade, não sou contrário a privilegiar-se a indústria nacional, por questões de estratégia de defesa, econômicas e de desenvolvimento, mas isso dentro de patamares de qualidade em níveis no mínimo razoáveis, o que a Taurus já deixou claro que não atende quando seus projetos entram em linha de produção, embora bons projetos em sua essência. A Imbel, mesmo considerando-a excelente forja, com modelos simples e reconhecidamente confiáveis, talvez por tratar-se de empresa Estatal, ainda encontra-se inundada pelas mazelas do serviço público do País, principalmente na questão comercial, que dificulta cada vez mais seus consumidores, atualmente com longos prazos de entrega e impossibilidade de parcelamento na compra, somente a título de exemplo.
    Voltando a aquisição da PCDF, salienta-se o custo final empenhado: R$ 395.792,00 por 200 pistolas G22 Gen4, o que por simples divisão, nos dá o valor de cada kit, por R$ 1.978,96, ou seja, INFINITAMENTE mais barato que as pistolas nacionais, quiçá da atual tabela de preços da Taurus, que parece estar com seus administradores com alguma sequela que beira a loucura, pois, acresceu os preços das armas em quase 100%, na média. Talvez a intenção da gestão atual da Taurus seja falir definitivamente a empresa, pois, um currículo soberbado de defeitos comprovados e outros fraudulentamente omitidos, juntando-se ao exponencial e esquizofrênico aumento de preços, não há como esperar nada diferente do fechamento da fábrica!
    Enfim, que outras empresas entrem no mercado e, óbvio, que se faça de modo sistemático e sério, impedindo que o capitalismo desenfreado traga a desgraça da parca indústria nacional, mas tal defesa não pode continuar servindo a má prestação de serviços e produtos por parte da Taurus e Imbel, cada qual em parcelas distintas, mas que obrigue tais empresas a verdadeiramente entrarem no Mercado global, com produtos efetivamente de qualidade, principalmente por tratar-se de instrumentos que, muito mais do que levar a morte, salvam vidas, quando usados corretamente.

    “Si vis pacem para bellum!”

    Curtir

  4. Vamos acabar com este monopólio da taurus, essa arma 24/7 da taurus .40, está apresentando muitos defeitos, disparando sozinha, sem acionamento do gatilho entre outro defeito. Chega de armas da taurus.

    Curtir

  5. Minas Gerais já passou da hora de fazer isso. Pistola Glock .40 é considerada a melhor arma do mundo mais segura de fácil manutenção !!!!!! Os policiais Civis do Estado de Minas Gerais necessitam a aquisição desse armamento Urgente…..Gostaria de saber se existe a venda desse armamento para aquisição particular dos Policias???????

    Curtir

  6. Sempre bom favorecermos os produtos ditos nacionais, porém, acima disso está o livre comércio e a concorrência.
    A melhor forma de venda de qualquer produto, além do preço é a qualidade, que no caso, muitas vezes é duvidosa.
    Então, sou a favor da liberação de venda de outras marcas.

    Curtir

  7. Enquanto isso, aqui no Rio de Janeiro, há informação que a pistola PT940 portada por um policial civil que trocou tiros com individuos que praticavam um “arrastão” em via publica teria travada após o primeiro disparo, sendo o agente atingido por cinco disparos, sendo internado, operado e vindo a óbito após alguns dias.

    Curtir

  8. A Taurus está pior do que a Rossi antigamente e o que ainda presta é somente o Revólver.
    Eu particularmente não trocaria uma Glock por 10 PT da Taurus.

    Curtir

  9. Por este preço e pelas armas estarem sendo enviadas para o 3o mundo me veio uma dúvida: será q estas armas deste modelo estão com problemas?
    Sim. Não domingo a língua inglesa, mas em uma pesquisa rápida já dá iara ver vários fóruns e vídeos sobre os problemas deste modelo. Não sei se já foram resolvidos, se é um problema do modelo ou só de lote dele. Mas a observação q faço é: a fábrica estaria vendendo estes modelos para nós a este preço justamente por causa dos defeitos?

    Curtir

  10. Por obrigação saía para trabalhar levando a velha e falha PT 840 da Taurus, mas sempre acompanhada da minha Glock e na hora que era preciso fazer uso a Glock sempre foi a minha primeira opção é muitas das vezes a única, principalmente quando no stand de tiro a PT praticamente desmontou na minha mão e o armeiro para melhor, pasmem, teve que serra uma haste de ferro em seu interior!

    Curtir

  11. Gostaria de dizer não ao monopólio mas será mais um comentário dispensado. Gostaria de saber se de alguma forma podemos entrar com uma ação civil pública para angariar assinaturas ou um mandado de segurança para uma possível compra ou até via sindicatos da segurança pública. Por exemplo: Agentes Penitenciários.

    Curtir

  12. Boa noite a todos!
    Saliento a todos para a minuta do novo R-105 que o COLOG do EB está para liberar, em substituição àquele: embora muitos critiquem que ainda não é o ideal, o que concordo, mas parece que traz sim algum avanço, notadamente quanto a liberação de importação de PCE (produtos controlados pelo Exército) para algumas situações, das quais friso o inciso XI, “integrantes de categorias profissionais autorizadas a adquirirem arma de uso restrito”; o que favorece a nós, integrantes da Seg. Pública.
    Tal texto já demonstra o reconhecimento do EB, quanto as falhas da dita indústria nacional, que vem gerando enormes danos àqueles que utilizam-se de produtos “taurus” em sua defesa ou de terceiros.
    Então, temos que nos empenhar para que o Exército emita esse novo R-105, ao menos com essa previsão, embora o ideal fosse não só a importação, mas sim a liberação de outras empresas, internacionais, a entrarem no mercado nacional, certamente com algumas regras, nacionalizando-se como empresa, possibilitando a montagem de uma linha de produção em solo nacional, diminuindo o valor e girando a economia e a indústria bélica nacional.
    Vamos “motivar” o EB a acelerar tal liberação.

    Curtir

  13. Aqui no RJ nunca vimos a PM ter a glock, me parece q é inverídico a notícia. A PF devido ter uma conjuntura com o SINARM pq PF expedi armas de fogo no Brasil, SINARM cadastra e autoriza e EB registra, acho q deu pra fomentar melhor os comentários.

    Curtir

  14. Boa noite a tds! A PMRJ n usa a Glock, à matéria diz q usa mas onde estão q eu nunca vi na minha vida a PMRJ usar essa Glock? Conversa pra boi dormir senhores… olhando para os comentários, nem a PM de MS viu essa arma tbm, só se for a CZ mas poucos conhece essa arma. infelizmente é lamentável ver os nossos policiais com a 40 e vis a óbito devido tantas falhas da mesma.

    Curtir

  15. Porque não posso comprar uma Glock? Esse é o único país no mundo que obriga um agente de segurança pública a correr risco! Quero ter o direito de escolher o que é melhor p mim!

    Curtir

  16. Sou policial militar foi por Deus,que quase morri com uma millenium taurus,subiu 02 cartuchos para câmera,travou à arma,mais antes consegui efetuar 04 tiros,fui abordado por 03 ladrões,tive sorte por que só 01 armado,está arma taurus não presta morre com ela na mão.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s