FALHA EM PISTOLA DA TAURUS CUSTA A VIDA DE UM POLICIAL CIVIL NO RIO DE JANEIRO

Na verdade vamos repostar a matéria feita pelo Jornal Extra de 25 de fevereiro de 2015 – Arma apresenta defeito e policial morre ao reagir a assalto no Rio – que relata a morte de um policial civil do Rio de Janeiro que morreu por causa da falha de sua pistola Taurus PT840P, ocorrida durante um roubo. Vejamos a matéria.

“Um dos quatro policiais mortos durante o fim de semana, o inspetor Thiago Tomé de Deus não contou com o bom funcionamento da arma que portava quando tentou se defender dos assassinos. A pistola Taurus, calibre 40, da série 840, que pertence à Polícia Civil, apresentou defeito e travou após ter feito dois disparos. Nesta segunda-feira, Thiago foi sepultado no Cemitério do Maruí, em Niterói.

O delegado da Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), Marcus Vinícius Amin Fernandes, responsável pelas investigações do assassinato, disse que uma perícia preliminar, feita por policiais da própria especializada, detectou uma pane na pistola PT840P.

Sepultamento do PC morto por causa da falha de uma pistola Taurus.
Sepultamento do PC morto por causa da falha de uma pistola Taurus.

A arma fazia parte de um lote de 1.640 pistolas, compradas pela Polícia Civil em 2013. — O policial fez dois disparos. Quando tentava fazer o terceiro, o ciclo que toda arma faz após um disparo não se completou. Ao invés da munição entrar na câmara, ela saltou da arma por causa de um problema no carregador. Ou seja: a arma não daria mais nenhum disparo porque estava completamente torta — afirmou o delegado.

Antes do enterro, o secretário de Segurança José Mariano Beltrame fez um desabafo, afirmando que a polícia luta sozinha para combater o crime.

Não foi a primeira vez que uma pistola 40, da série 840, apresenta uma falha. No ano passado, por conta do recebimento de seguidas queixas de mau funcionamento, apresentadas por policiais, a Polícia Civil determinou que 1.200 armas deste tipo passassem por uma espécie de recall.

Arquivo 31-07-15 18 33 27

Por conta de um problema na mola de alimentação, foram trocados os carregadores das pistolas. Após a troca, foram feitos mais de dez mil disparos em testes, e nada foi constatado.

A previsão é a de que a pistola usada por Thiago passe por uma perícia nos próximos dias. A arma será submetida a um teste de eficácia. O exame será feito por especialistas da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), da Academia de Polícia Civil (Acadepol) e da Divisão de Fiscalização de Armas e Explosivos (DFAE). Em depoimento, a mulher de Thiago, que estava com ele no momento do crime, confirmou que a arma travou após o segundo disparo

vitima

Pouco depois do enterro de Thiago Tomé, policiais civis fizeram um protesto na Ponte-Rio Niterói. Eles percorreram os 13 quilômetros de extensão da via com as sirenes das patrulhas ligadas. Procurada pelo EXTRA, por telefone e também por e-mail, a empresa Taurus não enviou uma resposta até o fechamento desta reportagem.”

Esse série 840 é a mesma que mostramos em outras publicações, onde ela desmontou durante a pista de tiro, como o vídeo a frente mostra.

Esse é mais um caso de morte ocasionada por falha nas pistolas da Taurus. Até quando pessoas terão que morrer para que as autoridades tomem uma providência legal contra a Taurus?!!!

Se você conhece alguma pessoa que foi vítima de disparo acidental de armas da Taurus, entre em contato conosco em nosso e-mail – acidentetaurus@gmail.com -. Estamos reunindo pessoas que foram vítimas de disparos para juntos mobilizarmos e fazermos justiça contra os desmandos da Taurus!!!

FONTE:

– http://extra.globo.com/casos-de-policia/arma-apresenta-defeito-policial-brmorre-ao-reagir-assalto-no-rio-15419263.html

Anúncios

4 comentários sobre “FALHA EM PISTOLA DA TAURUS CUSTA A VIDA DE UM POLICIAL CIVIL NO RIO DE JANEIRO

  1. ola boa tarde,sou como muitos aqui,deixando minha indignação em relação as pistolas marca Taurus,sou 2° SGTPM no Estado de Goiás,e apesar de reclamar sobre a ineficiência da pistola0.40 da Taurus,nenhuma providencia foi tomadas,dia 04 de Dezembro de 2014 e quatorze em ocorrência policia na cidade de goias,quando confrontamos com um grupo de assaltantes de Banco que havia estourado um banco na Cidade de Itapirapua neste Estado,durante o tiroteio a pistola por mim utilizada,de propriedade da PMGO,apresentou 03 panes em menos de cinco minutos de tiroteio,no tiroteio tivemos o desfecho de quatro assaltantes mortos. Genildo Damaceno dos Santos 2ª SGT PMGO.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s